Relaxar assim como o céu

Relaxar assim como o céu

 

Como podemos superar os apegos?

Somente compreendendo a natureza da impermanência; esta realização aos poucos nos libera dos apegos.

Assim “tocamos” o que os Mestres dizem ser a verdadeira atitude da mudança: como se fossemos o céu olhando as nuvens passar ou tão livres quanto o mercúrio. Quando o mercúrio cai no chão, sua natureza é se manter intato e nunca se misturar com a poeira.

Ao seguir as orientações dos Mestres e aos poucos largar das fixações, uma compaixão grande desperta em nós.

As nuvens dos apegos partem, se dispersam e o sol do nosso verdadeiro coração compassivo brilha.